axonline 48   axonline 46   axonline 49

ARMAZEM VIEIRA BAR/CANTINA E ADEGA
HISTÓRIA

Em 1840, o armazém foi construído para ser entreposto marítimo à beira-mar, na Baía Sul da Ilha de Santa Catarina, no bairro de Saco dos Limões (cidade de Desterro, hoje Florianópolis), onde se comercializavam produtos agrícolas e náuticos, entre eles a Cachaça da Ilha, muito procurada na época.

 A cachaça era pedida como Rhum, Rum ou Ron de acordo com a nacionalidade do comprador ancorado na Ilha.

Vários navegantes registraram em seus diários de bordo a compra desta Cachaça na Ilha.

 

 

 

   

No período 1983-1985 o entreposto foi restaurado e nele foram instalados a Adega e o Bar/Cantina ARMAZEM VIEIRA pelos atuais proprietários, Wolfgang Schrader e Renato Grasso Bollo, engenheiros e blenders.
Em 6 de abril de 1984, o prédio do entreposto foi declarado de Valor Histórico da Cidade pelo Decreto Municipal 063/84. Em 11 de abril de 1985, sua restauração foi concluída e o armazém foi devolvido à população para seu uso.
O Bar Cantina, desde essa data, tem sido pioneiro na Ilha em servir cachaça, chope e destilados de primeira linha e, ainda, decorar suas paredes com,
artistas plásticos, apresentar músicos locais e fazer um atendimento diferenciado. 
Instalado na parte frontal do prédio, permite visualizar nos fundos a adega, os antigos tonéis de envelhecimento e as

 

 

                                           

 

instalações semiartesanais de engarrafamento das cachaças das marcas "Armazem Vieira" e "Canafita", ambas registradas no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) e aprovadas pelo Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MPA) do Brasil.

Hoje se destaca por sua decoração art nouveau do início do século XX e, ainda, por ser um lugar agradável para apreciar suas 
cachaças, espumantes e vinhos, chopes e cervejas. Tudo isso acompanhado de comidas típicas como truta defumada, bolinhos de frutos do mar ou o famoso sanduíche premiado nas rodas de gastronomia.
Venha apreciar e fazer parte dessa história! Aproveite o início da noite das quintas, sextas e sábados, ou a noite adentro, quando a música invade a casa e as tribos se encontram.